Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget.

242 Wythe Ave #4, Brooklyn, NY 11249
1-090-1197-9528
office@ourbusiness.com

ASQ

Telemedicina para empresas para melhorar a produtividade

Como melhorar a produtividade dos colaboradores

O cuidado em saúde nas empresas ganhou ainda mais destaque no momento atual. O contexto trazido pela pandemia da Covid-19 faz com que mais do que nunca seja necessário agir para melhorar o bem-estar no trabalho, criar uma cultura orientada para o cuidado e tornar os ambientes mais saudáveis. Mais do que isso, cuidar da saúde é uma forma de melhorar a produtividade dos colaboradores.

Ao longo dos últimos meses, tivemos que olhar de frente para uma ameaça às nossas vidas e à nossa saúde em escala global. Isso gera um sentimento de incerteza e insegurança, mas também transforma nosso olhar. Somos convocados a pensar em ações relacionadas à saúde, como a implantação de programas que promovam o autocuidado e melhorem o desempenho.

Se você acredita que isso pode significar mais custos e mais horas do colaborador afastado do trabalho com atendimentos de saúde, pense novamente. Já existem formas de oferecer um cuidado multiprofissional excelente, sem que o colaborador precise se deslocar, se afastar do escritório por longas horas ou se expor ao contato com o coronavírus: a Telemedicina para Empresas é uma delas.

Cuidado em saúde para melhorar a produtividade

Programas de saúde e bem-estar focados no colaborador não beneficiam somente a ele individualmente, mas impactam positivamente a empresa como um todo. Um colaborador saudável é mais feliz, tem um acompanhamento em saúde condizente com sua condição e produz muito mais do que aquele que não se sente bem. O impacto é sentido qualitativamente, na clareza mental, comunicação, motivação e confiança, e quantitativamente, com o aumento da qualidade do serviço prestado e de produtividade.

Um estudo publicado pela Universidade da Califórnia em 2018 identificou que um trabalhador feliz é 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e rende 37% a mais em comparação com os demais. Além disso, trabalhadores saudáveis e satisfeitos têm maior predisposição a direcionarem sua energia aos seus objetivos e aos objetivos da empresa. Assim, aumentam o rendimento do seu trabalho e contribuem para o cumprimento de metas coletivas. 

Absenteísmo e presenteísmo: ameaças a produtividade

O absenteísmo é a ausência do colaborador no trabalho, seja por faltas ou atrasos. De acordo com um estudo clássico sobre a temática, publicado por Lyman Porter, altas taxas de absenteísmo estão relacionadas à insatisfação com o ambiente de trabalho. Por isso, oferecer benefícios de cuidado em saúde para as pessoas também é uma forma da empresa valorizar o colaborador. Além de promover o seu bem-estar mental, emocional e físico. Uma empresa que abre espaço para que isso aconteça passa a ser vista não só como local de trabalho, mas como um lugar de cuidado e atenção às necessidades das pessoas. 

Já o presenteísmo, ocorre quando o funcionário está fisicamente presente na empresa, mas a sua atenção não. Esse quadro é comum em casos em que o colaborador está com problemas de saúde, mentalmente esgotado ou não tem segurança psicológica para manifestar que necessita de cuidados em saúde, seja por vergonha ou medo de perder o emprego. 

Empresas que cuidam da saúde dos colaboradores abrem espaço para que os colaboradores busquem ajuda quando necessário. Há oportunidade de aliviar a tensão, equilibrar o lado emocional e ter acesso fácil a profissionais adequados para tratar seus problemas de saúde. Assim, recupera-se o foco e a motivação, além de melhorar a produtividade.

Razões para o afastamento e como evitá-las

Mesmo antes da Covid-19, dados de uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015, indicavam que as principais razões para o colaborador deixar de realizar suas atividades habituais eram relacionadas à saúde. Principalmente gripes e resfriados, seguido por dores nas costas, problemas na nuca ou pescoço ou dor nos braços e nas mãos. Dores frequentemente relacionadas a tensão, falta de ergonomia no ambiente de trabalho ou esforços repetitivos.

Além disso, segundo os dados mais recentes do Ministério do Trabalho e Emprego, o Brasil tem, por ano, em torno de 600 mil acidentes de trabalho. Esse tipo de acidente, para além do afastamento do colaborador, pode ampliar o prejuízo à empresa em razão de ações trabalhistas. Dentre os fatores de risco para que os acidentes aconteçam está a falta de foco e atenção às tarefas, o que se relaciona com o presenteísmo. 

Daí a necessidade das empresas olharem com atenção para os colaboradores e buscarem formas viáveis e acessíveis para dar conta da saúde e melhorar a produtividade. Isso vale mesmo em períodos de incerteza e saúde precarizada como o que vivemos atualmente. Como diz o ditado, “Prevenir é melhor do que remediar”. O cuidado com a saúde do colaborador reflete em diversos campos, inclusive nas finanças.

Mais cuidado em saúde = menos gastos com assistência médica

Pode parecer um contra-senso, mas quanto mais investimos no cuidado com os colaboradores, menos gastos temos. Além das doenças ocupacionais, comuns no ambiente de trabalho, programas de promoção de saúde nas empresas podem evitar inúmeras doenças e agravos em doenças como hipertensão, diabetes, ansiedade e depressão. 

Consultas regulares com profissionais de saúde e em clínicas de Atenção Primária à Saúde, virtuais ou presenciais, incentivam o colaborador a se empoderar da própria saúde. O que pode ser feito adotando hábitos mais saudáveis de alimentação, atividade física, controle de estresse, entre outros. Com uma qualidade de vida melhor, os gastos por ausência de cuidado são reduzidos. 

Telemedicina ajuda a otimizar o cuidado

A Telemedicina para Empresas da AsQ é uma solução que viabiliza que os pontos colocados acima sejam aplicados com agilidade e custo acessível. 

É uma estratégia simples, mas que tem apresentado ótimos resultados. A Telemedicina da AsQ registrou 89% de satisfação e 72% dos beneficiários que fizeram uso não precisaram de atendimento presencial.

Com ela o colaborador tem mais acesso às informações a respeito da própria saúde. Ainda reduzindo o estresse provocado pelo trânsito, podendo ter acesso à múltiplos profissionais (médico, enfermeiro, nutricionista e psicólogo) sem precisar se deslocar. Cuidar da saúde fica mais fácil e mais rápido, o que reflete em melhora na produtividade e redução das taxas de absenteísmo e o presenteísmo. 

Temos a resposta para cuidar da saúde de sua empresa, da forma adequada ao seu modelo de negócio. Estamos juntos com você por uma #empresasaudável. Vamos conversar?

Saiba mais sobre Telemedicina para Empresas AsQ

Post a Comment