Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget.

242 Wythe Ave #4, Brooklyn, NY 11249
1-090-1197-9528
office@ourbusiness.com

ASQ

Dia Nacional da Saúde: O cuidado é todos os dias

No dia 5 de agosto é celebrado anualmente o Dia Nacional da Saúde. A data marca o nascimento do grande sanitarista brasileiro Oswaldo Cruz. Foi estabelecida em 1967, pelo Ministério da Saúde, Educação e Cultura, como uma forma de homenagear sua contribuição para a erradicação de doenças no Brasil e conscientizar a população sobre a importância de cuidar da saúde. Por isso, não é apenas nesta data que o tema merece atenção. 

Saúde não é só ausência de doença, é o resultado de uma boa alimentação, descanso, atividade física, lazer e autocuidado de uma forma geral. É ter o nosso organismo em equilíbrio. Isso é conquistado a partir de bons hábitos que se repetem em nossa rotina e refletem em nossa qualidade de vida. Neste post vamos contar para você quem foi Oswaldo Cruz, o homenageado do Dia Nacional da Saúde, e quais cuidados devem fazer parte da rotina daqueles que desejam ser mais saudáveis nos 365 dias do ano. 

Quem foi Oswaldo Cruz?

O médico sanitarista e cientista Oswaldo Cruz foi sobretudo um pioneiro no estudo de doenças tropicais e medicina experimental no Brasil. Nascido em São Luís do Paraitinga (SP) em 1872, graduou-se em Medicina no Rio de Janeiro em 1892. Tinha muito interesse em microbiologia e foi responsável pela montagem e chefia do laboratório de análises clínicas na Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Para aprofundar seus conhecimentos, foi para Paris estudar microbiologia, soroterapia e imunologia no Instituto Pasteur.

Voltando ao Brasil, entre outras contribuições, assumiu a direção do Instituto Soroterápico Federal e em seguida o comando da Diretoria-Geral de Saúde Pública (DGPS). Contribuiu para erradicar doenças como a febre amarela, peste bubônica e varíola. Mas foi em 1907 que sua luta contra as doenças ganhou reconhecimento internacional. Neste ano Cruz recebeu a medalha de ouro no 14º Congresso Internacional de Higiene e Demografia de Berlim, na Alemanha, pelo trabalho de saneamento do Rio de Janeiro. 

Com isso, teve reconhecimento também no Brasil. Em 1908 o Instituto Oswaldo Cruz (IOC) passou a levar o seu nome. Com a equipe do instituto, foi capaz de fazer o levantamento das condições sanitárias do interior do país e combater a malária e a febre amarela na região Norte do país. Oswaldo Cruz também reformou o Código Sanitário e reestruturou todos os órgãos de saúde e higiene do país. 

Oswaldo Cruz morreu em 1917, com apenas 44 anos. Mesmo com uma vida relativamente curta, deixou um legado em relação ao cuidado em saúde e a educação sanitária no Brasil, por isso é homenageado no Dia Nacional da Saúde. Hoje, os desafios são outros. Mas a necessidade de conscientizarmos a população sobre a necessidade do cuidado em saúde continua. 

Como podemos cuidar da saúde todos os dias?

Como falamos anteriormente, a saúde está relacionada à qualidade de vida para a população. Depende de uma série de fatores físicos e mentais que podem e devem fazer parte da vida de todos. Entretanto, em meio à rotina, manter os bons hábitos pode ser um grande desafio. Por isso, separamos algumas dicas para apoiar você a celebrar a sua saúde diariamente e não apenas no Dia Nacional da Saúde:

Alimentação

Um prato colorido, variado e equilibrado pode ajudar você a evitar problemas cardiovasculares e manter longe o câncer e a diabetes. Consuma diariamente muitas frutas, verduras, oleaginosas, carnes magras (como peixe ou frango) e sempre que possível opte pelas versões integrais dos alimentos. Evite consumir produtos ultraprocessados, como refrigerantes, salgadinhos, biscoitos e temperos prontos. Como dizem por aí: descasque mais, desembale menos. E lembre-se de beber pelo menos 2 litros de água por dia.

Respiração

Sim, viver de forma mais saudável pode ser tão fácil quanto respirar. Fique atento à sua respiração e lembre-se que a respiração lenta e profunda ajuda a manter a tensão sob controle. Tire alguns momentos do dia para respirar com consciência. Quando inspirar, empurre o abdômen para fora. Ao expirar, faça o contrário: esvazie bem, encolhendo a barriga. O resultado é uma maior concentração de oxigênio e relaxamento. Assim, é possível diminuir dores de cabeça e melhorar a qualidade do sono. 

Sono

Comer, respirar e… Dormir. Atividades que fazem parte da nossa vida são as maiores responsáveis por nossa qualidade de vida. O importante não é se fazemos isso, mas como fazemos isso. O sono tem funções essenciais para o nosso organismo. Para manter uma boa rotina e ter um sono reparador, experimente deitar sempre no mesmo horário, evitar comer alimentos pesados, controlar a luz e evitar tarefas mentalmente estimulantes na cama (como assistir televisão e utilizar smartphone). 

Estresse

Dores de cabeça, indigestão, dores musculares, insônia, esgotamento físico. Estes sintomas são familiares? Pode ser que o seu corpo não esteja lidando bem com o estresse, que nada mais é do que uma reação normal de nosso organismo a novas situações. Todavia, em excesso, pode desequilibrar o nosso organismo e causar doenças. Buscar atividades que o ajudem a relaxar (como ouvir música ou se exercitar) e expressar suas emoções pode ser uma forma de manter o estresse sob controle. Assim, você pode deixar para trás sintomas desagradáveis e o risco de adoecer. 

Acompanhamento profissional

Além de manter bons hábitos, é importante ter o acompanhamento de profissionais de saúde. Pelo menos uma vez por ano faça um check-up. Muitas doenças crônicas são assintomáticas, por isso fazer exames é uma forma de preveni-las ou diagnosticá-las precocemente. A AsQ tem algumas iniciativas que buscam tornar o cuidado cada vez mais acessível. As Clínicas de APS e a Telemedicina são exemplos disso. 

Para saber mais sobre o que a AsQ oferece para empresas e operadoras de plano de saúde para que o cuidado seja diário, acesse nosso portfólio.

Post a Comment